Candidaturas

CANDIDATURAS 2020/2021

Fase 1: 14 de fevereiro a 13 de abril de 2020 (encerrada);
Fase 2: 4 de maio a 5 de julho de 2020 ;
Fase 3: 27 de julho a 6 de setembro de 2020.

O ano lectivo 2020/2021 começa em 28 de setembro de 2020 e termina em 16 de julho de 2021.

REQUISITOS DE ADMISSÃO

Podem candidatar-se:

a) os titulares de grau de mestre ou equivalente legal em qualquer uma das áreas disciplinares das Ciências Sociais e Humanas;

b) a título excepcional, os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante nas áreas acima referidas que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do curso.

COMO CANDIDATAR-SE

As candidaturas efectuam-se online e são instruídas com os seguintes documentos:

a) Certidões de licenciatura, mestrado e outras habilitações académicas, incluindo histórico escolar com menção das classificações obtidas;

b) Cópia da dissertação de mestrado (preferencialmente em formato electrónico) e, se for o caso, cópias da dissertação de licenciatura e de trabalhos publicados;

c) Curriculum vitae detalhado;

d) Indicação da especialidade em que o candidato se propõe realizar o doutoramento (Antropologia da Cultura Material, Antropologia da Economia e do Trabalho, Antropologia da Etnicidade e do Político, Antropologia da Religião e do Simbólico, Antropologia da Saúde, Antropologia do Parentesco e do Género, ou Antropologia e História);

e) Projecto de investigação que não ultrapasse as 20 páginas, indicando o objecto de estudo, a metodologia e os objectivos da investigação, devidamente problematizados com base em bibliografia de referência nos debates contemporâneos da antropologia;

f) Duas cartas de recomendação, explicitando o contexto do relacionamento académico e/ou profissional do candidato com quem o recomenda e ponderando a adequação do perfil do candidato ao projeto de tese que se propõe desenvolver no Doutoramento em Antropologia da Universidade de Lisboa;

g) Certidão de bom domínio da língua inglesa ao nível da compreensão escrita e oral, ou autoavaliação da proficiência em inglês usando como padrão o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECRL);

h) Carta de intenções, expondo as razões que levam o candidato à escolha do Doutoramento em Antropologia da Universidade de Lisboa.